Menu

DTPa – Difteria, tétano e coqueluche acelular

Pontos principais

– É indicada para a prevenção contra a difteria, o tétano e a coqueluche (tosse comprida) em pessoas com 4 anos ou mais de idade. Pode ser utilizada como vacinação primária ou de reforço, após o esquema primário de vacinação, de acordo com as recomendações locais de imunização.

– A DTPa é indicada para a imunização primária ativa contra difteria, tétano e coqueluche, em crianças a partir de 2 meses de idade, é indicada como dose de reforço para crianças que tenham sido previamente vacinadas com três ou quatro doses da vacina DTPa ou vacina contra difteria, tétano e coqueluche celular (DTPw).

– Indivíduos que tiveram coqueluche, tétano ou difteria, devem ser vacinados, uma vez que estas infecções não conferem proteção em todos os casos ou proteção permanente.

– Um mês após um ciclo primário de vacinação, com três doses nos primeiros seis meses de vida, mais de 99% das crianças vacinadas com DTPa tinham títulos de anticorpos > 0,1 UI/mL, tanto contra a difteria quanto contra o tétano.

– A vacina contém os antígenos PT, FHA e pertactina, importantes na proteção contra a coqueluche. Em estudos clínicos, a resposta vacinal aos antígenos de pertussis foi superior a 95%.

– Após administração do reforço da DTPa, no segundo ano de vida (entre13 e 24 meses), todas as crianças anteriormente vacinadas com DTPa tinham títulos de anticorpos maiores que 0,1 UI/mL, tanto para a difteria quanto para o tétano. A resposta ao reforço com os antígenos de pertussis foi vista em mais de 96% dessas crianças.

– Como DTPa não está indicada para uso em adultos, dados adequados sobre seu uso durante a gravidez e a lactação em humanos e estudos de reprodução animal não estão disponíveis.

Categoria C de risco na gravidez.

Saiba mais:

https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-crianca.pdf

https://www.clivped.com.br